Parentes

Uma pessoa com problemas de dependência compulsiva de jogos pode sofrer com os efeitos de sua doença na vida social e principalmente, na vida familiar. Muitos dependentes tentam abafar a situação, fechando os olhos para o problema.

A dependência de jogos é invisível. Não tem cheiro nem forma. Mas há indícios tais como falta de dinheiro, falta de tempo e nervosismo. Na lista de características você pode encontrar alguns sintomas que sugerem a existência de um problema de dependência.

Se você, como parente ou pessoa da família, estiver preocupado, não deixe, em hipótese alguma, de falar com a pessoa afetada. Explique sua preocupação e aponte-lhe as mudanças de comportamento que você vem notando nela. Comunique que você planeja agendar uma hora para consultar-se sobre o assunto.

Não empreste dinheiro à pessoa que joga! Emprestando dinheiro, você alimenta o vício. Havendo problemas financeiros, procure o aconselhamento de orçamentos (financeiro) e busque ajuda. Procure orientar a pessoa dependente sobre a existência de um aconselhamento orçamentário.

Cuide da sua situação e da situação das crianças. Proteja seu dinheiro. Busque ajuda se perceber que os problemas são muito grandes e complicados!